The importance of the ring in the weeding

THE SYMBOL OF AN ALLIANCE AND THE WEDDING PHOTOGRAPHER TESTIMONIAL

The ritual always was present in the life of the humanity since our beginning. Those rituals have some symbols that are used when some group join to found some new politic or religious reality, celebrate some change, thanking a good crop or anticipating a wish. We have wide and personal rituals. The symbolic still have a great weight in our lives and much more than we can imagine if we do not give it a more deep thought.

The ring is, maybe, one of the symbolic objects more important and widespread in our comum life. The ring of the pope, the ring of the king, the ring of the baby offered by the nan, the engagement ring and…the wedding ring. Even the literature, movies or ópera have a lot of stories about rings. In Portugal we call them “alianças” (alliances). That is a interesting word because, in fact, in the wedding the ring symbolize the new alliance between two persons and widen to both families that, after the swop of this circular object, start to belong to a new and widen family group.

All the wedding day is directed, in the first part, to the moment where two persons, symbolical, deliver each other the ring that will join them and start a new alliance that all wish fruitful and happy. A posteriori we have the party to celebrate the joy and happiness that this act brought to everybody. When wedding photographer I am witness, and create testimonial in all the places of this kind of reunion and the importance of the rings, or, better, the alliances.

O SÍMBOLO DE UMA ALIANÇA E O TESTEMUNHO DO FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

O ritual sempre esteve presente na vida da humanidade desde quase o seu princípio. Esses rituais têm símbolos em redor dos quais determinado grupo se junta para fundar uma nova realidade, festejar uma alteração, agradecer uma colheita ou antecipar um desejo. Temos rituais alargados e rituais individuais. O simbólico detém um peso muito superior na nossa vida muito superior ao que possamos pensar sem que pensemos muito sobre o assunto.

O anel é, talvez, um dos objectos simbólicos mais importantes e dessiminados na nossa vida. O anel papal, o anel real, o anel que a avó oferece quando o bébé nasce, o anel de noivado e…o anel do casamento. Até a literatura e o cinema têm muitas histórias acerca de anéis. Em Portugal chamamos aliança. Palavra interessante porque, de facto, no casamento, o anel passa a ligar a aliança entre duas pessoas, aliança esta que se alarga à suas famílias que, a partir deste objecto circular, passam a fazer parte de um novo, ou alargado, grupo.

Todo o dia do casamento se direcciona, à priori, para o momento onde duas pessoas, simbolicamente, entregam ao outro o anel que os vai unir e começar uma aliança que se espera seja frutuosa e feliz. À posteriori a festa irá celebrar a alegria que tal acto veio trazer a todos. Enquanto fotógrafo de casamentos sou testemunha, e crio testemunhos em todos os locais desta reunião simbólica, da importância dos anéis, ou melhor das alianças.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)