Uma fotografia no momento certo

A RAPIDEZ DO MOMENTO e O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Costuma dizer-se que um bom fotógrafo consegue captar a alma das pessoas. Não sou muito de acordo com isso, poderia escrever muita palavra sobre o assunto mas não faz parte deste blog, mas acredito que em certos momentos o tempo certo da captação, o olhar correcto para enquadrar e luz que pinta de acordo com o resto poderemos adivinhar o estado de alma de quem, naquele momento, parámos no tempo.

Parece-me ser o caso desta fotografia. Uma das muitas que me fazem sentir fotógrafo de casamento empenhado na procura de fotografias com afectos lá dentro. Depois do fim da cerimónia toda a gente que lá estava quer felicitar os noivos pela sua transformação. É disso que se trata. Tal como crisálidas que viram belas borboletas, a momento da cerimónia aquelas duas pessoas passam de solteiros a casados, coisa que não é tão simples como possa parecer, mas assunto de outro tipo de blog.

Como é que uma fotografia que esconde tudo no noivo menos os olhos poderá ser assim tão interessante para escolha do fotógrafo de casamento a mostrar a quem, aqui, o visite. Os olhos. Vejam os olhos. Brilham. São intensos. Dizem-nos que este tipo é importante. O abraço. O braço e a mão mostram intensidade e intimidade.

E foi apenas um momento. Tão rápido que o fotógrafo de casamento se deu por muito feliz quando verificou, na escolha, que tinha conseguido. Pois é, um vaidoso.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)