Fotografia feita num casamento na Quinta de Nossa Senhora Auxiliadora, de uma mãe a brincar com a sua filha pequenina.

A importância do momento na fotografia de um casamento

O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO E O MOMENTO

Fotografia feita num casamento na Quinta de Nossa Senhora Auxiliadora, de uma mãe a brincar com a sua filha pequenina.

Aqueles momentos. Talvez uma das palavras mais usadas pelos fotógrafos de casamentos nas suas conversas entre si, nos elogios que fazem aos seus colegas ou naquilo que sabem que perseguem durante todo o dia de trabalho, num casamento. O momento. Aquele ponto no espaço e no tempo, irrepetível, que acontece por combinação de elementos que, se aproveitados na hora certa, pode criar borboletas no estômago de qualquer fotografo de casamento à procura de fotografia como cavaleiro do tempo dos cavaleiros na demanda de grandes conquistas.

E eles estão em todo o lado. Talvez precisem de treino para se começarem a sobressair daquele todo caótico que é o ambiente composto por muitas pessoas em comunicação e interacção entre elas e o que as rodeia. Talvez não baste olhar. É preciso começar a observar. É preciso começar a separar em partes aquele todo, olhar por secções com rapidez porque eles, os momentos têm a mania que são crianças irrequietas que mudam logo…de momento.

Começou, para mim, a ser uma espécie de entretenimento quando na generalidade, e no todo, toda a gente está ocupada em coisas pouco interessantes para a fotografia. Comer, beber e trocar palavras com o vizinho do lado. Mas, com o tempo, fui descobrindo camadas que trazem ao de cimo esses aconteceres que se tornaram atracção irresistível para as minhas câmaras e lentes. E como o fotógrafo de casamento depende delas para ganhar a vida não as pode desiludir. Compreendem, não é ?…

Leave a Comment

  • (will not be published)