As fotografias dos outros no casamento

O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO e AS FOTOS DOS OUTROS

A impressão. Já aqui aqui escrevi que entendo a fotografia como uma impressão que ficou de algo que aconteceu. Por vezes são impressões que, parecendo um pouco secundárias, podem transformar esse acontecer numa sensação visual muito interessante.

Com o fenómeno dos smartphones volta e meia vejo alguém a preparar uma fotografia que pode resultar numa outra fotografia, feita por mim. Eu gosto disso. É-me cara a ideia da boneca russa aplicada à fotografia. O rápido movimento que faz parte de todo o processo do casamento acaba, aqui e ali, de oferecer ao fotógrafo de casamento essa oportunidade.

A fotografia a preto e branco tem uma especial atracção para este tipo de fotos. Se o ambiente for propício os olhos não se conseguem desviar daquele rectângulo cheio de luz que, de certa forma, flutua no ar. Quem está de fora pode pensar que ser fotógrafo de casamento possa ser um pouco monótono, chato, repetitivo. Humm… perguntem a qualquer fotógrafo de casamento quantas horas teve o dia…garanto que não sabe porque teve tanta coisa para aproveitar que nem deu por isso. Até a fotografar as fotografias dos outros. Só visto….para acreditar.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)