Casamentos debaixo da luz laranja para proveito do fotógrafo

OS CASAIS do FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS

A sessão com o casal é uma das partes do dia que me diz muito. Foi por causa disso que, um dia, decidi que ser fotógrafo de casamento seria uma boa ideia. Desde que ter uma máquina fotográfica, ternamente entre as minhas mãos, começou a ser um prazer daqueles que se quer constante, fotografar pessoas foi sempre o meu principal interesse.

Foi, sem dúvida, a possibilidade de poder fotografar o casal em hora combinada que me chamou para esta actividade. É claro que assim que começou, encontrei muitas outras partes que se tornaram interessantes, e fotografar todo o dia tornou-se incontornável. Posso dizer que a minha passagem de fotógrafo para fotógrafo de casamentos foi quase imediata assim que tive a minha primeira experiência.

Nada me pode substituir aqueles momentos com os meus casais nos fins de tarde, mesmo já com o sol quase a despedir-se para um boa noite até amanhã, com aquela luz laranja que tanto se gosta de ver nas fotografias, e torná-los só meus por alguns instantes. Depois, é passear, brincar, deixá-los só um com o outro e, como que por magia, já está. Nem dei por isso, passou depressa.

O bebé com os pais noivos numa praia no Algarve em frente ao Club Nau.
Luz alaranjada do sol beijando os noivos no fim da tarde em praia no Algarve.
Casal, depois do casamento, passeando numa praia do Algarve.
Casal, depois do casamento, em fim de caminhada numa praia do Algarve.

Fotografia da sessão com o casal num casamento no Club Nau em Portimão.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)