Crianças e fotógrafos de casamento

A PACIÊNCIA DAS CRIANÇAS e O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Ainda não percebi porque está aqui esta gente toda. Ainda por cima não se pode brincar em sossego onde me apetece, a saltar por estas cadeiras muito compridas que só dão vontade para servirem de cavalo, avião ou outras coisas que agora não me lembro. O que vale é que agora tenho um brinquedo que levo para todo o lado e me ajuda a sair desta confusão onde me obrigaram a vestir uma roupa desconfortável, de uma cor que não gosto mas a minha mãe diz que estou muito bonito. Se ela diz..ela é que sabe. Para já, estou entretido, quando for hora de ir embora digam-me.

Olha que menina tão bonita aqui ao pé de mim, só me apetece fazer festinhas. A mamã já me mandou calar que aqui não se pode fazer barulho. Mas a menina simpática deixa-me brincar nos seus cabelos o que já é uma coisa muito boa, enquanto a minha mãe se entretem a achar espectacular qualquer coisa que não percebi bem o que é, porque sou muito pequenino.

A única coisa que não sabíamos é que um tipo a chamam senhor fotógrafo andou por aqui a espiolhar e sem darmos por isso fotografou-nos, pensa ele, para que um dia nos lembremos disto. Pode ser, mas por agora só queremos é brincar porque não temos nada a ver com o que se passa nesta casa grande e cheia de gente, não se sabe para quê. Talvez, um dia, pelo que o fotógrafo de casamento fez, venhamos a perceber.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)