Enquanto se espera, o fotógrafo aproveita

APROVEITANDO OS INTERVALOS pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS

Esperando. Poderia ser o tema destas fotografias. Ou então, empatando o tempo. Ou, ainda, crianças com muita paciência. No entanto, para o fotógrafo de casamento foram fotografias que lhe sairam bem. Ele foi lá ter, as crianças estavam lá, a noiva ainda não tinha começado e ele aproveitou.

Fotografar crianças não é fácil. Se são pequeninas mudam de expressão mais rápido do que ondas do mar mudam de feitio, se são intermédias ou são curiosas e querem, antes, saber o que esta dentro da máquina fotográfica ou pôr-se a jeito com sorriso como a mãe lhes disse para fazerem fotografias  na escola que, sinceramente, não recomendo, se estão a meio da infância estão no ponto certo para que entre curiosidade e paciência consiga alguma coisa de jeito. Se estão já na fase pré adolescência olham para o fotógrafo de casamento com aqueles olhos a mandar-lhe maçar outros.

Mas quem disse que fotografar seja fácil. Se fosse talvez não me interessasse. Isto porque é sempre nos intervalos que as fotografias estão escondidas seja qual for a idade das crianças. Se tivermos a paciência, a velocidade e o sentido do olhar qualquer fotógrafo de casamento vai, em manhã cheia de crianças enquanto a noiva ainda não começou, encontrar os intervalos certos para que delas saiam fotografias que, um dia, as farão felizes.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)