O completar do puzzle, pelo fotógrafo, na cerimónia de um casamento

ENTÃO, AINDA NÃO ESTÁ?… pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Sem querer fazer uma mostra exaustiva de uma cerimónia de casamento, gosto de encontrar fotografias que, por um lado são suficientemente descritivas do processo, e outras que mostrem o estado de espírito de algumas pessoas a fazer parte do ritual.

Escolhi algumas fotografias de um casamento que me deu grande gosto fotografar, o da Elisabete e do Nelson acompanhados das suas filhas gémeas e do filho não presente nesta selecção. Já tenho mostrado em alguns artigos a lado descontraído de não faço ideia do que estou aqui a fazer de algumas crianças, seguido de um quando é que isto acaba quero ir brincar lá para fora. Os pais completamente embebidos no cerimonial obrigatório e as filhotas com cara de é pá isto nunca mais tem fim. São coisas que atraem fotógrafos de casamentos atentos.

É claro que tudo faz parte daquele tempo mais institucional onde o comportamento e a atenção são essenciais para que se usufrua na sua totalidade e tenha ficado na memória que se fez ou que lá esteve. Cabe-me mostrar os dois lados para que fique completo um pequeno puzzle de momentos, que foram parte do lado maior que é e cerimónia em si e que, por natureza da natureza, alguns elementos retenham menos essa memória. Mas o fotógrafo de casamentos estava lá.

Meninas irmãs a entrar na Igreja para o casamento dos pais.
Vista do interior da Igreja com casal em primeiro plano na cerimónia do casamento.
Casal sentado em frente do altar, ouvindo o padre na cerimónia do casamento.
Menina de cara entediada durante a cerimónia de casamento.
Menina, na cerimónia de casamento, tendo atenção.
Noiva, na cerimónia do casamento, tomando atenção ao padre na Igreja.
Noivo prestando atenção ao padre, durante a cerimónia de casamento na igreja.
Noivos ouvindo o padre, à sua frente, para a cerimónia das alianças.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)