Convidados do casamento em movimento até ao local da cerimónia seguidos pelo fotógrafo de casamento.

O fotógrafo de um lado para o outro num casamento

O MOVIMENTO e O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Convidados do casamento em movimento até ao local da cerimónia seguidos pelo fotógrafo de casamento.

Muitas vezes a fotografia precisa de incluir uma coisa que faz parte das pessoas quando se deslocam, especialmente em grupo. Algo que é fácil em vídeo, ou em cinema, mas que em fotografia precisa de certos elementos para que, ao olhar, tenhamos aquela sensação de movimento, de acção.

Vários truques o fotógrafo de casamento pode usar para que isso aconteça. É verdade que estando ele a captar a acção sem que nela possa interferir, logo, não pode dirigir quem está encarregado de fotografar. Assim, pode, ao olhar para a cena, tirar proveito da organização tanto do espaço que envolve a acção, como a forma como as pessoas neles se deslocam ou permanecem. Pode verificar de que lado, das várias possibilidades de tomada de vista, encontra linhas de fuga, direcção de movimento ou mesmo tomando atenção a olhares para criar sentido de composição, direccionalidade do movimento, tamanho do primeiro plano e razoabilidade de enquadramento.

Já aqui escrevi sobre a rapidez com que o fotógrafo de casamento precisa de reagir, dado que ninguém espera por ele, para que possa a tempo encontrar caminho certo para a captação do que se encontra à sua frente. Talvez, com o tempo, seja coisa que nem pense durante a tomada de vista mas, muitas vezes quando estou já na fase de edição me pergunte como consegui e fique feliz por isso. Significa que não foi, de certeza, por acaso mas porque o tempo me ensinou a isso.

O noivo, na rua, enquanto se dirige para a cerimónia do seu casamento.
Grupo de convidados na direcção da cerimónia do casamento.

Leave a Comment

  • (will not be published)