O Fotógrafo e a fotografia antes de o ser, num casamento

APERCEBER-SE pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS EM LISBOA

Há coisas que ainda hoje não entendo. Apesar dos anos que tenho a fotografar ainda não consigo perceber o que faz com que uma fotografia contenha uma carga de energia tal que a torna atracção para o olhar muito superior a outras. Claro que se pode explicar depois de executada. Ela vai ter aqueles elementos fundamentais que são necessários para uma leitura mais apurada.

Mas, naquele momento em que o fotógrafo de casamento decide pressionar o botão da sua câmara, muitas vezes naquelas situações em que tem que reagir à grande quantidade de estímulos, acontece uma espécie de inexplicável onde tudo bate certo. O momento, a postura, o olhar, o sorriso, o fundo, a moldura e as cores, nem sempre muito amigas de fotógrafos. E quando tudo isso acontece há que celebrar, numa foto.

Não gosto muito de opinar sobre o meu trabalho em termos de validade. Cabe a quem o vê fazer isso. É claro que vou tirando as minhas conclusões, principalmente do que sei que não saiu bem, mas quando tudo acerta tenho a certeza que ficou e que não foi por acaso. Eu vi aquela fotografia exactamente antes de ter sido. Julgo ser essa uma das minhas melhores qualidades enquanto fotógrafo e num casamento isso é fundamental.

Grande plano da noiva, no convívio do casamento, a falar com convidados.

Fotografia de um casamento no Restaurante Montes Claros e Lisboa.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)