O fotógrafo e o que recebe, nos casamentos


A OFERTA pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS

Os fotógrafos de casamentos não se limitam a dar o que sabem, para fazer a cobertura de um dia de casamento. Eles recebem muito. Por mim falo. Devo ser, no dia de um casamento, a pessoa que mais ofertas recebe e que, talvez por ser descarado, aceito todas com aquele olhar para os olhos dos outros como se lhes dissesse obrigado, mas, não tens mais? Sou aquele tipo mal agradecido que nunca se contenta por tanto receber e não pára de andar por ali a ver se alguém, ou um grupo, me oferece mais alguma fotografia que, gulosamente, recolho descaradamente. É claro que ser o fotógrafo, no casamento, ajuda muito a andar sempre de mão estendida e ninguém levar a mal.

Principalmente, adoro aquelas ofertas que parece que o não são. Aquelas que eu roubo. Como gosto de roubar fotografias que por ali andam e que, depois, se transformam em surpresas e ninguém lhes passa pela cabeça perseguir o ladrão ou fazer queixa dele à polícia. Foi para isso que o convidaram a lá estar. Roube, roube à vontade que aqui ninguém se importa. O fotógrafo de casamento é, de certeza, a pessoa que lá mais recebe e mais leva, mesmo que sem autorização.

Ainda por cima sei que não irei ser perseguido por tanto carregar comigo e que, no fim, acabarei por ver sorrisos de orelha a orelha quando encontrarem todas aquelas jóias que trouxe, mas, agora, polidas e transformadas em fotografias, em livro com a história toda e que irão completar memórias que não se querem desvanecidas. O trabalho do fotógrafo de casamento encarregar-se-á disso e garantirá que o tempo deixe de fazer de tempo cada vez que, no tempo, elas, as fotografias, acendam de novo a luz dos momentos com que foram feitas. Por tudo isto, assim que acabo de entregar cada uma destas negações da física, que detesta o tempo sem tempo, começo logo a pensar onde será o próximo local de novas ofertas e alguns…digamos, roubos.

Noiva encostada, num momento de introspecção, mesmo antes de partir para a cerimónia do casamento.



Leave a Comment

  • (will not be published)