Convidada do casamento atenta ao que se passa e reflectida num espelho por detrás dela, numa composição do fotógrafo de casamento em Sintra.

O fotógrafo em Sintra e todos os lugares do casamento

AQUELE FEITIO pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Convidada do casamento atenta ao que se passa e reflectida num espelho por detrás dela, numa composição do fotógrafo de casamento em Sintra.

Não podia encontrar melhor continuidade para ao meu artigo anterior. Estava aflito, porque me mudaram o sítio onde estavam a acontecer tantas fotografias, não estava certo, agora que não parava de as ver em todo o lado é que resolvem acabar com elas e o que é que eu vou fazer agora. Sempre que alguém resolve que, agora, aqui, acabou e temos que mudar de lugar acha que é contra o fotógrafo de casamento que estão. Já sabem que faz birra, faz uns olhos esquisitos a quem dá essas ordens no espaço da festa, não percebem nada disto, e lá vai ele com as suas máquinas e lentes às costas para o outro lugar. O que lhe vale é que, rapidamente, a birra, passa e verifica que, também ali, a fartura vai ser muita e, ainda bem que mudaram, que aqui vai ser diferente, já não tenho que me repetir muito e dá continuidade à história. Vá-se lá saber como lidar com tal figura, muda mais depressa de opinião do que levou a mudar de lugar todos os convidados do casamento.

Pois. De facto o fotógrafo de casamento é assim. Quer tudo, do melhor e se possível como quer. Ainda bem que as coisas não são assim, para que se renove a toda a hora e não se esteja sempre a repetir. Imaginem, se ele encontra fotografias, das que gosta, na preparação da noiva, e, por vontade sua, ninguém iria sair de lá o dia inteiro. Padre ou conservador iam embora, a comida esfriava, ia para o lixo e ninguém poderia bater o pé ao ritmo da música preparada com antecedência pelo DJ, que também tem direito aos seus prazeres. Ao fim de tanto tempo a fazer isto, ainda não percebeu que os casamentos são feitos para os casais se casarem e não para que ele se deleite a tirar as fotografias, assim que as vê. Já está muito melhor, porque assim que entra no novo espaço, seja onde o casal se casa ou onde festeja, esquece-se logo do anterior e entrega-se com o mesmo fervor, que o caracteriza. Por isso, não se preocupem, apesar daquele desassossego no intervalo entre lugares, ele vai entregar-se logo a seguir da mesma forma e garantir que, afinal, ali é que está a ser bom.

A única coisa que interessa ao fotógrafo de casamento são as fotografias e se os noivos, as noivas, as madrinhas e os padrinhos e até o bebé que acabou de nascer, mas que já se está divertir à grande na sua primeira festa de família, souberem criá-las para ele. Não precisa de mais nada. Não lhe perguntem quem é que disse o quê, se gostou da homilia do padre, se o bolo de noiva estava saboroso que são coisas que lhe passam completamente de lado, a não ser pelas fotografias que isso lhe possa oferecer. Compreendem que foi para isso que o quiseram lá os noivos, bastante tempo antes deste dia e tanto eles, os que se foram casar, e ele, o que os irá fotografar, apenas desejam, os primeiros, que seja a festa o que sempre imaginaram e ele, a leve para que nunca mais se esqueçam. Apesar daquele feitio, que já falámos, o fotógrafo de casamento sabe que para contar a história é preciso passá-la por todos os lugares por onde ela vai e isso, garanto-vos, não o podia deixar mais satisfeito. No fim, ganham todos, como deve ser.

Convidados do casamento batem palmas no fim de um discurso durante a refeição do casamento n Café Paris em Sintra.

O pai da noiva enquanto discursa na festa do casamento no Café Paris em Sintra, pelo fotógrafo de casamento.

Um casal ri muito, quando escuta um discurso no casamento que decorre no café Paris em Sintra, pelo fotógrafo de casamento.

Três convidados do casamento escutam com atenção ao que se diz num discurso, vistos pelo fotógrafo de casamento.

Um convidado do casamento, sentado, com atenção ao que se diz num discurso durante o casamento no Café Paris, captado pelo fotógrafo de casamento em Sintra.

O pai do noivo discursa para os noivos e convidados do casamento, visto pelo fotógrafo de casamento em Sintra.

Um convidado do casamento na frente de um pequeno grupo que escuta quem discursa na festa, vistos pelo fotógrafo de casamento em Sintra.

No meio de outros convidados, sentados durante a refeição do casamento, uma convidada bate palmas a quem acabou de discursar, vistos pelo fotógrafo de casamento em Sintra.

Uma amiga da noiva, junto de outras duas, desfocadas, no momento em que discursa, vistas pelo fotógrafo de casamento no Café Paris em Sintra.

Leave a Comment

  • (will not be published)