O fotógrafo, os bosques e os casamentos

ENCONTREI pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS

Tenho uma atracção especial por ambientes de bosque. Se perto do local da festa do casamento encontro um espaço que mais ou menos se pareça com um, que tenha alguns troncos de árvores maduras à mistura com arbustos a meia perna já, para mim, é suficiente para encaixar os meus noivos e divertir-me, com eles, um bom pedaço de tempo a fotografar.

Depois há o lado do preto e branco que, como é sabido, é uma das minhas razões de estar fotógrafo. Estes bosques, mesmo aqueles pequeninos e um pouco carecas, dão-me uma textura que em preto e branco é, para mim, uma delícia a que não resisto. Ás vezes posso parecer aquele chato que empurra as pessoas a fazer o que não querem, mesmo que seja para o bem delas, e apareço, esbaforido, olhem já encontrei, assim que for horas vamos para lá.. Como fotógrafo de casamento já com alguns anos disto vou sabendo aqui e ali o que é o melhor para o resultado do meu trabalho. Até agora ainda não tive reclamação de alguém mal servido.

E depois tem a luz. Aquela luz que umas vezes amo de adorar e outras detesto de quase odiar. Os fotógrafos de casamento em algumas coisas são um pouco de extremos. Mas o que é certo é que nestes bosques mais ou menos compostos encontro sempre uma luz que me deixa sempre a adorar, por amar. Nunca um bosque me deixou mal visto. Por isso os adoro.

Noiva com baloiço numa árvore com noivo a ver.
Noiva, de pé, segurando um baloiço.
Noivos tocando as faces na sessão fotográfica.
Grande plano da noiva com luz do entardecer.
Grande plano do noivo agarrado à cordas de um baloiço.
Noivos dançando no bosque no dia do casamento.

Veja mais casamentos para poder ficar com uma ideia mais completa.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)