O lugar do fotógrafo para a última caminhada do dia de casamento

ATÉ AO BOLO pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS EM ÉVORA

O dia foi grande e toda a gente se divertiu. É assim que deve ser, depois de um dia longo que começou, tanto para os noivos como para os convidados num aperaltar-se para dia de festa bastante cedo, alguns com algumas horas de viagem que, daqui a pouco repetirão, todos se vão juntar num ponto marcado por um bolo simbólico de todos para todos.

O bolo do casamento não é um bolo em si. É amizade, amor, agradecimento e retribuição. Através dele todos irão comunhar a principal razão por ali estarem. É o grande momento que todos partilham e, no símbolo da ingestão de uma parte, levam consigo o desejo de grande felicidade para o casal que o partilham em sinal de agradecimento. Devo dizer dizer que, ao fotógrafo de casamento, não vai escapando nada.

Como se compreende, o caminho que leva a esse bolo da última partilha, deve ser em festa, com luz e com alma em forma de fogo que arde para iluminar a, também, ultima caminhada do dia pelo casal. Depois desta, cada um partirá para onde veio e o casal para uma vida que se deseja longa e feliz. O fotógrafo de casamentos viu e registou tudo e, depois, também foi para casa..

Caminho para o corte do bolo na Quinta Pirâmides de S. Pedro no Alandroal.

Saiba como pode encontrar alguns parceiros do fotógrafo de casamento para os serviços que precise  ou como contactá-lo.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)