O mistério de uma fotografia

UM FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS BISBOLHETEIRO

Como deve ser evidente os fotógrafo de casamento não sabe que conversa estava a acontecer no momento desta fotografia. Primeiro porque estava longe a servir-me de teleobjectiva e, como convicto espião não secreto, não podia saber o que de interessante podia estar a ser dito. Segundo porque o que interessa são as expressões daquele pedacinho de acontecimento do todo que envolve fotógrafo sempre atento a coisas que outros estão a fazer acontecer.

Não podia ter escolhido melhor momento para carregar no obturador. Um noivo atento, uma noiva com algum espanto e alguém que conta um conto talvez a acrescentar um ponto. O conjunto é visual, apela ao olho e pode ser razão de coscuvilhice inventando com imaginação de contador de histórias, que podem ser de espiões como o fotógrafo de casamentos já o assumiu, o que possa ter sido a razão de tão interessados ouvintes.

É um desafio interessante os fotógrafos de casamentos não se limitarem a captar a realidade, que faz falta para que a história do dia tenha credibilidade, mas descobrir aqui e ali alguns enigmas que estimulem imaginação de observador interessado. Acreditem, encontro muitos.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)