O pai da noiva de novo presente

NOVAMENTE O PAI pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Este pai já foi objecto de artigo neste post aqui. Se no primeiro artigo era um pai embevecido e completamente entregue à felicidade da sua filha, aqui, é alguém que sabe chegar ao coração dos outros e mostrar que, afinal, a sua razão de ali estar, também é a razão dos outros. Por isso riem, choram e interiorizam as suas palavras como se suas fossem.

Um dos momentos que, como fotógrafo de casamento, mais me atrai para roubar sorrisos, lágrimas, deleites e expectativas é o dos discursos. Já escrevi que tenho muita pena que aqui não seja um hábito muito comum nos casamentos. É uma delícia fotográfica e uma atracção inevitável da qual não abdico sempre que se me apresenta.

Por outro lado não me perguntem o que foi dito, porque se riram as pessoas, porque choraram outras ou porque todos aplaudiram no fim como se aquele pai babado e orgulhoso da sua filha fosse, antes, estrela da música depois de ter maravilhado a sua audiência. Os fotógrafo de casamentos, que vêem o mundo pelo visor de uma máquina fotográfica, sofrem, por isso, de uma amnésia auditiva porque toda a sua atenção anda pelos olhos.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)