O ritual da preparação a noiva

A NOIVA RODEADA DE BATONS, PINCÉIS, SECADORES E O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Uma das coisas que mais gosto num dia de cobertura de um casamento é estar a fotografar o ritual de preparação de uma noiva. Digo ritual porque me parece que é isso mesmo que se passa. Por um lado porque tem, normalmente, uma forma de ser feita. No noivo é mais simples. Os homens não se preocupam com certos detalhes que, nas mulheres, são levados à forma de arte.

Os cabelos são tratados com todo o cuidado e detalhe transformando qualquer mulher em noiva no espaço de hora e meia de forma que se nos disserem que estávamos a breve de cena em plateau de cinema ou a segundos de entrar em passarela de desfile de moda eu, que não sou ingénuo, acreditaria. A maquilhagem produz o resto da transformação normalmente finalizada em desenho meticuloso com battom em lábios muitos próximos a dizer sim a quem os não vai esquecer nunca mais.

Fotografar estes momentos que considero ritualizados é o meu trabalho. Faço-o com um gosto incansável. De tal modo que, apenas precisando de algumas fotografias que possam marcar esta fase do dia do casamento, encontro sempre um novo ângulo, uma toma de vista entre pincéis e sprays, uma foto de cara sobre mãos e secadores ou rápido que chegou o ramos da noiva, que lindo. Bem, é assim a difícil vida do fotógrafo de casamento…pois…

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)