Obrigado aos convidados no casamento

MUITO OBRIGADO pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Sem querer entrar num discorrer mais académico na descrição das fotografias que faço, não posso deixar de ficar satisfeito quando encontro no local as possibilidades de enquadrar o meu sujeito principal, neste caso a noiva, que me permitem usar a forma como a luz ilumina e a falta dela dá ambiente. Por um lado mostra melhor o que se está a fazer e, por outro, transporta para os olhos uma serena a apelativa vontade de olhar.

Por isso, gosto muito de usar aqueles túneis que encontro entre os espectadores do processo que têm, na sua simpatia, uma vontade de se afastar para deixar o fotógrafo de casamento sózinho a fazer o seu trabalho. É aí que, agradecendo a delicadeza, lhes peço para que não saiam, que me deixem usá-los sem que, no entanto, venham a retirar nenhum proveito pessoal das suas sombras, dos seus oferecidos e desfocados primeiros planos e das molduras que os seus corpos me permitem.

Daí o fotógrafo de casamento não pode deixar de agradecer aos, sempre simpáticos, membros das famílias dos noivos que, no local, o vão ajudando a emoldurar os motivos que o levaram lá, dar enlevo às estrelas do dia na primeira parte do seu longo dia. Sinceramente.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)