Os olhares que o fotógrafo repara, durante o casamento

OLHOS DE MÃE pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Depois destes anos todos a fotografar casamentos ainda me sinto espantado com os olhares que os meus olhos encontram para entregar a máquina fotográfica diligente. É, de certeza, nos olhares que se vê, lê, aquilo que liga as pessoas umas à outras e um dia de casamento não é outra coisa senão isso. Muitas das vezes, não é no momento da captação que dou por esses olhares. É, depois, no sossego do meu escritório, quando edito as fotos que vieram, que paro o meu olhar ao o olhar de outros, em momento que tive o prazer de ter roubado.

O olhar das mães tem sempre qualquer coisa de especial. É, talvez, a última vez que podem fazer o último mimo ao filho ou filha ou, simplesmente, a posar os olhos, embevecidos, para o que outros estão a fazer. Devo dizer que os do fotógrafo de casamentos estão sempre a sondar para os encontrar e não perdem por nada a oportunidade.

Mãe que olha, com olhos de esmero, o esmero do pai, seu marido de casamento já há muito tempo, a garantir que o botão fica no lugar sem desarranjar o punho da camisa. É cena já fotografada sei lá quantas vezes mas, como fotógrafo no casamento, não quero perder, nunca, novas oportunidades para encontrar estes olhares outra vez. Nunca.

Mãe olhando atentamente para o noivo e o seu pai, no acerto dos botões de punho.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)