Mãos dos noivos "dançando" quando sentados na mesa para a refeição da festa na Quinta da Cheinha, pelo fotógrafo de casamento.

Outros olhares do fotógrafo, no dia de casamento

OS GESTOS pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Mãos dos noivos "dançando" quando sentados na mesa para a refeição da festa na Quinta da Cheinha, pelo fotógrafo de casamento.

Se calhar é coisa de fotógrafos de casamentos mas, embora não o mostre por aqui, tenho muito a mania de fotografar gestos, ou melhor, gosto muito de ir encontrando mãos a fazer aquelas coisas que sabem fazer de uma forma fabulosa: acarinhar, segurar, despedir, saudar, confortar e tantas, tantas outras coisas.

Quando dou por mim lá estou a fotografar umas que, normalmente ficam para mim porque, penso eu talvez erradamente, não tenham um interesse intrínseco para a cobertura do casamento.

Mas, uma vez ou outra lá vão umas porque só caras também enjoa. É verdade que não posso andar a olhar só para as mãos e depois esquecer, também, tudo o que as caras podem mostrar no enquadramento do que se está passar. No fundo sou um fotógrafo de casamento e não posso, nunca, esquecer isso e deixar-me levar pelos meus assuntos predilectos que podem não interessar a quem me contratou. Estou ali para trabalhar e não para me divertir…pois!…

Agora que as mãos são personagens bastante activas durante todo o processo no dia, não tenho dúvida nenhuma. São elas que abotoam, que espalham os cremes, que puxam os cabelos a pentear, que acertam o casaco ou o vestido, que seguram e entregam as alianças e que, muito, mas mesmo muito, acariciam desde que se levantam até que se deitam.

Atrevo-me a dizer que somos pelas nossas mãos. Sem elas….Como é que não poderão ser assunto do fotógrafo de casamento.

Leave a Comment

  • (will not be published)