Para o fotógrafo de casamento, o espaço da cerimónia também conta

LÁ DENTRO pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTOS

Espaçosas. Algumas Igrejas são pequeninas, muito acolhedoras onde toda a gente fica muito juntinha. Outras são enormes, onde toda a gente parece muito pequenina. Os fotógrafos de casamento gostam disso porque podem usar a sua técnica para trabalhar aquilo a que chamam a escala.

Eu tenho uma dificuldade, não técnica mas de direcção ao assunto. Como estou muito direccionado na minha forma de me dedicar ao assunto e gostar mais de fotografar as pessoas que estão nesse espaço, não posso deixar de usar as minhas lentes para o mostrar, também. Reconheço que as Igrejas pequeninas podem não ficar muito bem se delas queremos fazer uma fotografia de corpo inteiro, já as tais enormes podem ser um espectáculo fotográfico.

Por isso, encontro sempre um tempo em algum dos momentos da cerimónia que não precise da minha atenção e procurar alguns pontos de vista que me permitam levar comigo a Igreja, ou outro espaço fotograficamente interessante, para, depois, as entregar ao casal que escolheu lá fazer a sua cerimonia. Isso faz-me lembrar outra coisa interessante, quando se fotografa casamentos, que é o facto do fotógrafo poder usar a sua técnica em variadas formas de fotografia. A de arquitectura é uma delas.

Vista interior da Basílica de Mafra com noivos e convidados de casamento.
A magnífica Basílica de Mafra num casamento com Padre, noivos e convidados.
Vista do interior da Basílica de Mafra num casamento.
Vista do interior da Basílica de Mafra num casamento.
Noivos e convidados descendo as escadarias com a Basílica de Mafra ao fundo.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)