Um fotógrafo a vestir fotografias, num casamento

O COSTUREIRO DE FOTOGRAFIAS pelo FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Aproveitar as coisas que rodeiam os personagens de um dia de casamento é sempre uma ferramenta essencial dos fotógrafos de casamento. Quando se parte para a cobertura de um evento, sem mais dos que as suas câmaras e lentes, que percorre vários espaços e cada espaço conta uma história diferente em capítulos para que, no fim, tenhamos o romance final pronto para edição, é preciso que usemos todos os elementos que encontramos ao nosso dispor.

Já aqui escrevi sobre a minha quase obsessão pelos espelhos, mas existem muitos outros elementos que podem ser usados como suporte, reflexo ou criação de planos que dinamizam a forma como as fotografias se apresentam ao olhar. São esses elementos que impedem que uma série de fotografias sejam mais do que simples tomadas de vista, deslavadas sem nenhuma energia dinâmica.

É por isso que assim que chego, a qualquer um desses espaços, a minha primeira acção é verificar as coisas que poderei usar como artifícios que me possam ajudar a levar dali um grupo de fotografias que não se repitam e que possam, a quem as vê, ser interessantes aos olhos. Ser fotógrafo de casamento é muito mais do que simplesmente fotografar. É preciso ser uma espécie de costureiro que sabe vestir, em vez de pessoas, fotografias.

Veja outros casamentos para que possa ficar com uma ideia mais completa do meu trabalho.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)